Somos uma solução para a mudança climática

Como Povos Indígenas e membros de comunidades locais na Amazônia, Mesoamérica, Indonésia e Brasil, somos os protetores ancestrais das maiores florestas tropicais do mundo. Em setembro, nos uniremos aos líderes do governo e da sociedade civil na Cúpula Global de Ação Climática, em São Francisco. Nosso objetivo: fazer um apelo para proteger nosso futuro compartilhado, protegendo os direitos indígenas e comunitários à terra. Essa luta será muito mais eficaz se nossos direitos forem protegidos e fortalecidos e se nossas propostas forem incluídas nas políticas e projetos criados para proteger as florestas e combater as mudanças climáticas.
Nós somos os únicos na linha de fogo que enfrentam os perigos que ameaçam nossas comunidades e os pulmões do mundo.
Como os melhores protetores das florestas do mundo, estamos na linha de frente do fogo, enfrentando os perigos que ameaçam nossas comunidades e os pulmões do mundo. Lutamos para proteger as florestas tropicais de incêndios, extração ilegal de madeira, mineração, extração de petróleo, invasão, tráfico de drogas ilegais, construção de usinas hidrelétricas, monoculturas e outros megaprojetos de extração e infraestrutura que não respeitem nossas florestas, direitos e ameaçam destruir as últimas grandes florestas do planeta, necessárias para o equilíbrio climático. Nosso trabalho para proteger nossas florestas – que detêm cerca de 24% do carbono florestal e 80% da biodiversidade do planeta – representa 30% da solução para a mudança climática. Proteger nossos direitos territoriais é um investimento de baixo custo e alto benefício para o futuro de nossas comunidades, nossos países e o planeta. Lute com a gente!

OS PARTICIPANTES

Mais de 30 lideranças indígenas e locais das organizações COICA, AMPB, AMAN e APIB representam o #GuardioesDaFloresta do planeta.

Andrés Tapia
Cándido Mezúa
Claudette Labonte
Diana Nascimiento
Dinaman Tuxá
Elcio Machinieri
Florita Martínez
Giuseppe Villaláz
Gregorio Mirabal
Gustavo Sánchez
Juan Carlos Jintiach
Levi Sucre
Luiz Terena
Macedonio Cortave
Mario Eduardo Rivas
Mina Setra
Robinson López Descanse
Rukka Somboling
Sergio Alejandro Guzmán
Tabea Casique
Timoteo da Silva Vera Potigua
Tuntiak Katan
Valeria Paye Pereira
Yuam Pravia

Andrés Tapia

Organización: Coordinadora de las Organizaciones Indígenas de la Cuenca Amazónica (COICA)
Pueblo: Kichwa
Biografía: Andrés é o líder de comunicação e fortalecimento organizacional da Confederação das Nacionalidades Indígenas da Amazônia Equatoriana (CONFENIAE). Ele liderou várias campanhas em defesa dos direitos dos povos indígenas, é fundador e líder da rede de comunicadores comunitários "Lanceros Digitales".

Cándido Mezúa

Organización: Alianza Mesoamericana dos Povos e Florestas (AMPB)
Pueblo: Embera
Biografía: Cándido é um líder indígena Embera, do Panamá. É secretário de relações internacionais da Aliança Mesoamericana de Povos e Florestas.

Claudette Labonte

Organización: Coordinadora de las Organizaciones Indígenas de la Cuenca Amazónica (COICA)
Pueblo: Palikut
Biografía: Claudette é uma líder pertencente ao povo Palikut da Guiana Francesa. Ela é presidente da federação de Parikwenah, e dirigiu seu trabalho na defesa dos direitos dos povos indígenas, com ênfase especial nas mulheres. Claudette é a coordenadora da área de mulheres e família da COICA.

Diana Nascimiento

Organización: Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB)
Pueblo: Kaingang
Biografía: Diana Nascimento é uma líder indígena do povo Kaingang da Terra Indígena Nonoai. Atualmente, trabalha localmente no Instituto Eco Sustentável, instituição criada por profissionais e estudantes indígenas de diversas áreas do conhecimento para implementar projetos e ações em favor dos povos indígenas.

Dinaman Tuxá

Organización: Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB)
Pueblo: Tuxá
Biografía: Dinamam Afer Jurum Tuxá é um líder indígena do povo Tuxá do Brasil. Assessor Jurídico da Articulação dos Povos e Organizações Indígenas do Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo (APOINME) e Coordenador Executivo da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB).

Elcio Machinieri

Organización: Coordinadora de las Organizaciones Indígenas de la Cuenca Amazónica (COICA)
Pueblo: Machineri
Biografía: Elcio é um líder do povo Machineri do Brasil, ele dedicou seu trabalho para defender os direitos dos povos indígenas como Coordenador de Território e Recursos Naturais da COICA.

Florita Martínez

Organización: Alianza Mesoamericana dos Povos e Florestas (AMPB)
Pueblo: Cabecar
Biografía: Florita Martinez é uma líder do povo Cabecar da Região Atlântica da Costa Rica. Ela é membro da Rede Indígena Bribri-Cabaré (RIBCA). Colaborou na elaboração de planos de vida e na animação de mediadores culturais na discussão de REDD +. Atualmente é coordenadora do Conselho Indígena de Educação de seu território

Giuseppe Villaláz

Organización: Alianza Mesoamericana dos Povos e Florestas (AMPB)
Pueblo: Guna
Biografía: Jovem Guna da Comarca de Gunayala, membro da Diretoria da Juventude do Congresso Geral da Guna.

Gregorio Mirabal

Organización: Coordinadora de las Organizaciones Indígenas de la Cuenca Amazónica (COICA)
Pueblo: Kurripaco
Biografía: Gregorio Mirabal é um líder indígena Kurripako da Venezuela, ligado à Organização Regional dos Povos Indígenas da Amazônia (ORPIA). Ele dedicou sua trajetória de liderança à defesa dos direitos dos povos indígenas e é membro fundador do movimento indígena PUAMA. Atualmente, é Coordenador Geral da COICA.

Gustavo Sánchez

Organización: Alianza Mesoamericana dos Povos e Florestas (AMPB)
Biografía: Gustavo é presidente da Rede Mexicana de Organizações Florestais Camponesas, uma das organizações mais influentes no campo da política florestal no México.

Juan Carlos Jintiach

Organización: Coordinadora de las Organizaciones Indígenas de la Cuenca Amazónica (COICA)
Pueblo: Shuar
Biografía: Juan Carlos é um líder indígena da nacionalidade Shuar do Equador e colaborou em iniciativas nacionais e internacionais para defender os direitos dos povos indígenas e da natureza. Ele faz parte da equipe da COICA.

Levi Sucre

Organización: Alianza Mesoamericana dos Povos e Florestas (AMPB)
Pueblo: Bribri
Biografía: Levi Sucre Romero é um líder indígena do povo Bribri da Costa Rica e atua como coordenador da Aliança Mesoamericana dos Povos e Florestas (AMPB).

Luiz Terena

Organización: Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB)
Pueblo: Terena
Biografía: Luiz pertence ao povo Terena, é renomado advogado de direitos humanos, candidato a PhD em Antropologia e atualmente atua como assessor jurídico da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB). Ele dedicou toda a sua carreira à defesa dos direitos dos povos indígenas no Brasil, particularmente os povos Terena, Guaraní-Kaiowá, Kadiwéu e Kinikinau.

Macedonio Cortave

Organización: Alianza Mesoamericana dos Povos e Florestas (AMPB)
Biografía: Macedonio é fundador da Associação de Comunidades Florestais de Petén (ACOFOP) e membro da Comissão Executiva da Aliança Mesoamericana de Povos e Florestas (AMPB).

Mario Eduardo Rivas

Organización: Alianza Mesoamericana dos Povos e Florestas (AMPB)
Pueblo: Mestizo
Biografía: Mario Rivas é Diretor de Desenvolvimento Produtivo da Associação de Comunidades Florestais de Petén (ACOFOP).

Mina Setra

Organización: Aliança dos Povos Indígenas do Arquipélago Indonésio (AMAN)
Pueblo: Dayak Pompakng
Biografía: Mina é uma líder indígena do povo Dayak Pompakng (Kalimantan Ocidental, Indonésia). Ela trabalhou na política indígena, ambiental e climática da Aliança dos Povos Indígenas do Arquipélago (AMAN) e atualmente é a Secretária Geral Adjunta da organização.

Robinson López Descanse

Organización: Coordinadora de las Organizaciones Indígenas de la Cuenca Amazónica (COICA)
Pueblo: Inga
Biografía: Ele é um líder indígena Inga nascido no Chaluayaco Resgard do Município de Villagarzón Putumayo, Colômbia. Como muitos Putumayo, ele é uma vítima direta do conflito armado. Atualmente é Coordenador de Mudanças Climáticas e Biodiversidade da COICA.

Rukka Somboling

Organización: Aliança dos Povos Indígenas do Arquipélago Indonésio (AMAN)
Pueblo: Dayak Pompakng
Biografía: Rukka Sombolinggi é um líder indígena do povo Toraya de Sulawesi. Atualmente é Secretária Geral da Aliança dos Povos Indígenas do Arquipélago Indonésio (AMAN).

Sergio Alejandro Guzmán

Organización: Alianza Mesoamericana dos Povos e Florestas (AMPB)
Pueblo: Mestizo
Biografía: Sergio Guzmán é gerente do projeto REDD + GUATECARBON, uma iniciativa da Associação de Comunidades Florestais de Petén (ACOFOP), em parceria com o governo da Guatemala. Ele tem mais de 10 anos de experiência acompanhando as comunidades florestais da Reserva da Biosfera Maia, na Guatemala, em processos de manejo florestal sustentável e projetos produtivos.

Tabea Casique

Organización: Coordinadora de las Organizaciones Indígenas de la Cuenca Amazónica (COICA)
Pueblo: Asheninka
Biografía: Tabea pertence ao povo Asheninka do Peru, e ao conselho de diretores da Organização Regional Indígena de Atalaya (OIRA). Ela é a coordenadora dos assuntos da mulher. Atualmente, é coordenadora da área de educação e novas tecnologias da COICA.

Timoteo da Silva Vera Potigua

Organización: Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB)
Pueblo: Guaraní
Biografía: Timóteo da Silva Verá Potygua, 51 anos, é chefe da aldeia indígena Takuari, coordenador regional da Comissão Yvyrupa Guarani (CGY) do Vale do Ribeira. Desde 2014, ele é professor na escola indígena Taquari.

Tuntiak Katan

Organización: Coordinadora de las Organizaciones Indígenas de la Cuenca Amazónica (COICA)
Pueblo: Shuar
Biografía: Tuntiak Katan é um líder indígena da nacionalidade Shuar do Equador, ele faz parte da Confederação das Nacionalidades Indígenas da Amazônia Equatoriana (CONFENIAE). Atualmente, atua como Vice-Coordenador da COICA.

Valeria Paye Pereira

Organización: Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB)
Pueblo: Kaxuyana
Biografía: Valéria Paye Pereira é uma líder indígena dos povos Tiriyó e Kaxuyana da Terra Indígena de Tumucumaque. Ela é uma das fundadoras da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) e do Acampamento Terra Livre (ATL). Ela foi a primeira mulher indígena a ocupar altos cargos no Movimento Indígena do Brasil.

Yuam Pravia

Organización: Alianza Mesoamericana dos Povos e Florestas (AMPB)
Pueblo: Miskitu
Biografía: Yuam Pravia, é do povo Miskitu em Honduras. Tem sido ligado a processos organizacionais de participação de mulheres indígenas e lidera uma rede de jovens comunicadores mikitos. Ela é atualmente responsável pelas comunicações de Muskitia Aslatakanka - Unity of the Muskitia.

A conservação de florestas em territórios indígenas representa 30% da solução para a mudança climática.

Assegurar a posse de florestas comunitárias é um investimento de baixo custo e alto benefício para comunidades, países e a sociedade global.

NOSSAS DEMANDAS

Os povos indígenas e comunidades locais são os melhores guardiões das florestas do mundo e estamos pagando com nossas próprias vidas.
Como Povos Indígenas e membros das comunidades locais, somos os melhores #GuardioesDaFloresta. Por gerações nós protegemos os pulmões do mundo efetivamente, no entanto, nossos territórios continuam a ser violados e nossas comunidades atacadas e mortas. Levante-se conosco e ajude-nos a apelar aos governos, à sociedade civil e ao setor privado para:
  • Garantir os direitos territoriais dos povos indígenas e comunidades locais.
  • Fornecer acesso a fundos climáticos para povos indígenas e comunidades locais.
  • Reconhecer o conhecimento tradicional dos povos indígenas e comunidades locais como fundamental para a sustentabilidade.
  • Respeitar o consentimento livre, prévio e informado dos povos indígenas e comunidades locais.

NOSSAS PROPOSTAS

Combinamos nosso conhecimento tradicional com tecnologia de ponta para garantir o bem-estar das florestas, de nossas comunidades e do planeta.
Desenvolvemos modelos de conservação sustentáveis que nos permitiram proteger as florestas e gerar renda para a subsistência de nossas comunidades. Nós temos experiência em:
  • Estratégias para a proteção, manejo e conservação de recursos florestais em parceria com governos nacionais, subnacionais e outros que protegem a natureza, nossos direitos e nossas culturas.
  • Programas de prevenção e gestão de incêndios florestais baseados em conhecimentos tradicionais e práticas comunitárias.
  • Uso de drones e tecnologias de satélite para mapeamento, monitoramento e alerta antecipado.
  • Práticas florestais comunitárias baseadas na ciência e no conhecimento ancestral.
  • Modelos de conservação florestal que geram benefícios sociais e econômicos para nossas comunidades.
  • Projetos de redução de emissões derivadas do desmatamento, com base no respeito aos nossos direitos e em congruência com nossas visões de mundo.
  • Projetos de gestão e conservação dos recursos hídricos vitais para nossa subsistência e do resto da humanidade.